20 ANOS 

DE LUTA E SUPERAÇÃO

Todos nós que fazemos
parte da história da

Associação Terapêuti-
ca Sítio Caminho Novo, nos

sentimos felizes em chegar aos
20 anos de atendimento, duas
décadas dedicadas a centenas

de pessoas que sofrem da de-
pendência química de álcool e

outras drogas em Balneário Pi-
çarras e região. Podemos dizer

que valeu a pena todo o tempo
e dedicação!

Foram mais de três mil in-
ternações, uma média de dois

mil e quinhentos acolhidos que

passaram pela casa. São mui-
tas histórias de lutas e conquis-
tas. Mas também muitos relatos

de luto e dor. Afinal, atendemos
pessoas que sofrem de uma
doença incurável. Um mal que
atinge a alma do dependente

e que muitas vezes não permite
ele voltar à vida em sociedade.

Estamos tratando de uma do-
ença mental, que tão facilmen-
te se instala em muita gente,

que depois não conseguem en-
xergar o caminho de volta.

As estatísticas dizem que
no prazo de cinco a dez anos,

de cada grupo de dependen-
tes químicos, uma terça parte

vai estar bem, outros trinta por

cento continuarão usando subs-
tâncias e a outra terça parte

restante poderá estar morta.
Mas são apenas números para

quem acredita em vidas restau-
radas e que todos têm o direito

às mesmas oportunidades de
conhecer a verdade.
A história do Sítio Caminho
Novo está totalmente ligada a

vida das pessoas que aqui passa-

ram. Hoje, nosso compromisso é
com os que aqui estão e amanhã
queremos que Deus continue nos

abençoando para poder cola-
borar na manutenção de outras

tantas vidas que possam nos pro-
curar pedindo ajuda.

As pessoas sempre nos per-
guntam sobre resultados e a

gente gostaria de dar uma res-
posta positiva em todos os casos.

Porém, a realidade é que a gran-
de maioria dos dependentes em

recuperação passam por mais de
uma instituição. Assim, fizemos
parte de um conjunto de ações
que buscam o melhor resultado.
O que importa é acreditar que
desta vez vai ser para sempre.
Mas para dar certo tem de ser
passo a passo. Como diz o nosso
lema: é só por hoje. O amanhã
a Deus pertence.