Projeto Olhar de Perto premia alunos


Em 2015, centenas de alunos participaram das visitas à Associação Terapêutica Sítio Caminho Novo, de Balneário Piçarras, através do Projeto Olhar de Perto e discutiram o tema das drogas em sala de aula. E para coroar o trabalho do ano, a Associação entregou no dia 18 de novembro, as premiações aos alunos vencedores do Concurso de Redação e Cartazes do Projeto Olhar de Perto 2015. Cerca de 100 alunos de quatro escolas municipais produziram material durante o ano e enviaram material para o concurso.

A premiação para os seis primeiros colocados na categoria redação aconteceu no Sitio Caminho Novo, com a presença de acolhidos, coordenadores e diretoria do Sítio, do psicólogo do sítio, Diego de Souza Alves, da Secretária de Educação, Laureci Bernadete Schneider Pereira, da assessora técnica pedagógica da Secretaria de Educação, Silvana Rebello, do representante da empresa Natubrás, Marcelo Petry, das diretoras das escolas municipais, Luciana Suzin (Monteiro Lobato), Tania Linhares (São Brás) e das professoras Aparecida Linhares (Felicidade Figueredo), Keila Rudolf e Cassiana Pereira (Francisca Borba) e Thullav de Carvalho (São Bras).

Os vencedores receberam camisetas do projeto, cartilhas, bicicletas e ingressos para o Parque Beto Carrero World, conforme a classificação dos alunos. A melhor redação foi da aluna Tainara Dominski, do 8º ano da Escola São Brás. Foram premiados ainda alunos das escolas Felicidade Pinto Figueredo, Francisca Borba e Monteiro Lobato. A escolha dos trabalhos foi feita pelos acolhidos da comunidade terapêutica. Não houve premiação para os alunos da categoria Cartaz.

O Projeto

O Projeto Olhar de Perto foi criado em 2004 pela comunidade terapêutica e é realizado em parceria com a empresa Natubras e Prefeitura de Balneário Piçarras, através da Secretaria de Educação, levando alunos de 8º e 9º anos das escolas municipais ao Sítio para conhecer o local, receber palestras sobre a dificuldade da recuperação para quem usa drogas e a importância da prevenção à doença. Em sala de aula, os alunos são estimulados a discutirem a problemática das drogas e elaborarem, músicas, cartazes e redações para participar de um concurso cultural. Os alunos e professores recebem cartilhas de orientação sobre as drogas e todas as visitas são acompanhadas por professores, pelo psicólogo do sítio, além de membros da diretoria da entidade.

O Projeto Olhar de Perto em 2015 contou com a participação de cerca de 300 alunos nas visitas à comunidade terapêutica, 300 alunos nas palestras ao ensino fundamental e médio das escolas estaduais e EJA, além da participação de mais de 1000 alunos das séries iniciais do Ensino Fundamental das escolas públicas nas apresentações da peça teatral infantil “A Turma da Tia Bilica e as artimanhas do Zé Droguinha”. (reportagem divulgada no Jornal do Comércio)

Premiados:

1º lugar –

Aluna - Tainara Dominski (8º ano) - Escola São Brás

premiação - 1 bicicleta e um ingresso ao BCW + cartilhas

Professora orientadora - Thullav de Carvalho - 1 ingresso ao BCW

2º lugar –

Aluna - Larissa Silva Santana - (8º ano) - Escola Felicidade Pinto Figueredo

premiação - 1 bicicleta + cartilhas

3ºlugar –

Aluna - Maria Antônia Cadore (8º ano) - Escola Francisca Borba

premiação - 1 ingresso ao BCW + cartilhas

4º lugar –

Aluna - Maria Eduarda Moraes (8º ano) - Escola Francisca Borba

premiação - 1 ingresso ao BCW + cartilhas

Menção honrosa

Alunos - Eduardo Schivo Serpa e Bruno Rodolfo Firakowski (8º ano) - Escola Monteiro Lobato

premiação - 1 ingressos ao BCW para cada aluno

Menção Honrosa

Alunos - Gabriel Estanislau Valentim, Vanderley Arthieres Melo, Henrique Silva Linhares, Gheovanna , Kauê Linhares Nascimento e Emilli Becker (9º ano) - Escola Monteiro Lobato

premiação- camisetas do projeto aos alunos e o sorteio de um ingresso ao BCW entre os alunos vencedores (vencedora aluna Emilli Becker)


Galeria
Últimas notícias
Saiba mais
Nenhum tag.
Siga-nos
  • Facebook Basic Square